4 de set de 2011

157 anos de Riacho D'areia


No dia seis de setembro, aniversário da Vila, ocorrerão diversas atividades para relembrar a data de fundação de Riacho D'areia, desde a manhã até a noite.
Aqui, publicamos um fragmento de um texto do pesquisador Celito Regmendes sobre o assunto.

"Portanto, ao se falar em SERRANO na vila temos q nos reportar á década de 50 do século XIX qdo um deles, o senhor Raimundo Pereira Rocha de São Domingos do Severo( hoje do Seteba) pegando carona no q fizera seu cunhado Venceslau machado investe uma considerável soma de recursos e adquire( 1854) uma faixa de terra junto a do cunhado e dá-lhe o nome de RIACHO D'AREIA, nome do local onde tinha uma fazenda no assuruá.

Pra Riacho D'areia ainda nos primódios veio um amigo de infancia e de labuta de Raimundo, o serrano Joaquim Alves de Sousa, ele trouxe a esposa Joana Silva( dos Machado e dos "Sabaõ") e talvez um ou mais filhos, com isso, durante muitos anos o povoado teve apenas a presença dessas duas familias, Raimundo como chefe do clã Rocha-Alves de Sousa e Joaquim como agregado e parceiro. Defino tal período como o da 1ª FASE, fase da implantação e consolidação de Riacho D'areia . Cuidar de "brejos" nas grotas da serra, cultivar mandioca, milho e feijão de corda nas beiradas arenosas da Serra Azul e no vale do Riacho Baixão onde ficava as casas de moradia, e, pricipalmente na labuta com gado, pois Riacho D'areia, Uibaí, Barra do Mendes e outros povoados q são caatinga e serra ao mesmo tempo, nasceram na lógica da pecuária, criar gado era a atividade economica principal naquele período. Essa fase durou de 1854 a 1915."

Nenhum comentário:

Postar um comentário